• PIBJPA | Devocionais

Ainda a âncora


"Até meu próprio amigo pessoal em quem eu tanto confiava, com quem

eu comia o pão, traiu-me."    Sl 41.9



​Este salmo pertence ao grupo dos salmos que retratam o período da revolta provocada por Absalão e, ainda como consequência do seu pecado. Davi estava enfermo, acamado, aliás, um comentarista diz que ele estava gravemente enfermo.

​Não nos é estranho que crises emocionais possam gerar males, enfermidades  físicas de muito graves consequências no corpo

​Ele não está duvidando do que Deus lhe poderia fazer, isso está retratado nos versos iniciais: livra da calamidade; preservará a vida; dará felicidade na terra; não o entregará nas mãos dos inimigos; afofará a cama no dia da enfermidade [seu caso, no momento].

​Há, entretanto, uma realidade contundente: a traição de quem vivia muito perto dele [seu filho traidor]. Mais ainda: os que vinham visitá-lo, fingindo amizade saudável, só queriam colher intimidade para difamá-lo ainda mais. Que quadro!

​Ele não sucumbe porque Davi é o Davi do começo do Salmo, isto é, alguém de convicções firmes. É isso: sobrevivemos se nossa "âncora" é Cristo e Sua graça.                      Pr. Elias Werneck


Oração.png

Filiada às convenções

CBBbranco.png
CBCbranco.png

© Primeira Igreja Batista em Jacarepaguá 2020