DevocionaisLogo.png
  • PIBJPA | Devocionais

Controle: faz muita falta


"E bendito seja o teu conselho, e bendita sejas tu, que hoje me impediste de derramar sangue e de vingar-me com minhas próprias mãos!"  1Sm 25.33



Davi está falando com Abigail, esposa de Nabal, um fazendeiro a quem havia protegido com seu pequeno exército e, ao cobrar o pagamento, este recusara-se a cumprir.

Um pouco antes, no confronto com Saul, quando Davi teve oportunidade de vingar-se, ele diz "...o SENHOR me vingue de ti;..." Mas, alí, estava a ponto de cometer esse desatino. Tomar a vingança em nossas mãos é sempre um ato de desatino.

Do caráter de Nabal, nada há que se aproveite, mas essa esposa, foi o veículo humano que Deus usou e nela se pode reconhecer: sensatez, prudência e ajuizamento.

​A argumentação dela o fez pensar  no estrago em sua vida moral que seria aquele cometimento. Seu ajuizamento o fez pensar se, de fato, valeria aquele prejuízo. Lembrei da palavra do Senhor a Jonas: "... É razoável essa tua ira?"

O que nos leva à ira? O que nos leva à cólera? Não seria bom perguntar sempre se vale à pena? Os motivos são tão relevantes as-sim? Pode ser que nos "possibilite" chegar à ira. Essa tem controle, mas a cólera, não. Tenhamos controle.            


 Pr. Elias Werneck


Oração.png