• PIBJPA | Devocionais

Equilíbrio: precisamos


"...para que seu coração não se encha de vaidade em relação a seus irmãos, e não se afaste do mandamento, nem para a direita nem para a esquerda, a fim de que prolongue os dias do seu reinado e do reinado de seus filhos em Israel."  Dt 17.17



​Neste momento do texto o povo hebreu ainda não entrou na terra prometida. Moisés está revisando a lei e os estatutos, e ali está uma geração que, em sua grande maioria, não passou pela longa experiência do deserto. Apesar tudo isso, Moisés prevê a possibilidade do estabelecimento de um rei. Este verso é o final e nele, uma recomendação: o rei deveria ter um translado, uma cópia da lei, tirada do original que estava sob a guarda do sacerdote, garantia de qualidade textual.

​Moisés entendia que se o rei tivesse o livro, e o lesse - "nele lerá todos os dias da sua vida"- aprenderia a temer ao Senhor, agiria com equilíbrio e tendo um reinado próspero.

​Governar com equilíbrio é essencial para o bem dos cidadãos e isso é um aprendizado. Quando não há equilíbrio, as decisões não são saudáveis, são tendenciosas e não favorecem o bem comum.

​ A instabilidade, resultantes do desconhecimento da lei, no comportamento do rei, segundo Moisés, abreviaria os dias do reinado. Equilíbrio: para o rei e para os súditos.                      


Pr. Elias


Oração.png

Filiada às convenções

CBBbranco.png
CBCbranco.png

© Primeira Igreja Batista em Jacarepaguá 2020