• PIBJPA | Devocionais

Ingratidão desonra


"Honra teu pai e tua mãe, para que tenhas vida longa na terra que o SENHOR teu Deus te dá."  Ex 20.12

"... vivendo de modo irresponsável..."  Lc 15.13 e



​Retomando nossa matéria sobre desonra aos pais, consideremos mais uma forma, aliás, é a mais universal nessa história: a ingratidão.

​Ingrato porque não soube esperar o momento de receber sua parte. Ingrato por virar as costas para quem o havia criado com todo zelo. Aliás, o filho que ficou, também foi muito ingrato e nunca entendeu que tudo era de todos pois seu pai lhe disse: "...e tudo que é meu é teu..." Bem, não entendeu até ali. O texto não fala, mas ele pode ter sido tocado e se convertido ali. Exemplos falam alto.

​Pais, não cuidamos dos nossos filhos esperando recompensa nem pagamento. Nós, os que tememos ao Senhor, entendemos que eles são "herança". Sentimos responsabilidade e prazer com a missão, mas sentimos uma imensa alegria com as atitudes de reconhecimento dos nossos filhos.

​O sentimento de gratidão emoldura a relação familiar e dá um "tempero" que promove a felicidade de todas as partes. Quando se é grato parece que um "fio de ouro" envolve todo o lar.

​Ingratidão desonra. Gratidão honra!


Pr. Elias Werneck


Oração.png

Filiada às convenções

CBBbranco.png
CBCbranco.png

© Primeira Igreja Batista em Jacarepaguá 2020