• PIBJPA | Devocionais

Justiça: faz bem


"Até quando julgareis injustamente e favorecereis os ímpios?" Sl 82.2



​Temos aqui um forte apelo ético. "Todos os seres da criação de Deus são responsáveis por usar seu poder e sua posição para ajudar os necessitados e para estabelecer justiça".

É séria a responsabilidade de dirigir ou de exercer julgamento e, ao que observamos, a advertência é bem cabida em nossos dias.

Mas, ao invés de olharmos para os que estão assentados nos gabinetes luxuosos dos palácios de governo ou nas altas câmaras de julgamento, entendo que precisamos tomar a advertência para o nosso viver diário. Todos vivemos essa grande possibilidade de exercer juízo ao gosto das nossas tendências e, por vezes, olhar mais para a aparência e não para a real essência.

Já vi muito tratamento desigual por conta do modo de falar ou da aparência dos trajes. Isso é injusto e fere, magoa, entristece. Viver de modo que agrade a Deus, importa em exercer julgamento justo em todas as interfaces da nossa existência. Tenhamos cuidado partindo dos nossos relacionamentos familiares e no trato das questões,  aparentemente, decomplexas, da nossa casa.

Quanto sofrimento ao recebermos uma "condenação" sem termos podido oferecer a nossa posição. Haja cuidado! Justiça!

​​​​​​​​​Pr Elias Werneck


Oração.png

Filiada às convenções

CBBbranco.png
CBCbranco.png

© Primeira Igreja Batista em Jacarepaguá 2020