DevocionaisLogo.png
  • PIBJPA | Devocionais

Ninguém é como o nosso Deus


"Até quando clamarei, e não escutarás, SENHOR? Ou gritarei a ti:

Violência! E não salvarás?" Hc 1.2


​Habacuque pode ter sido um contemporâneo de Jeremias e lida com interrogações bastante sérias e de difícil entendimento, como:

a) sua profunda perplexidade diante da injustiça;

b) porque Deus usa o ímpio (os caldeus) para punir o seu povo;

c) porque o justo sofre injustiça.

​A primeira coisa que aprendemos é que Deus nos permite apresentar-Lhe nossas questões. Não lidamos com um Deus voluntarioso.

Deus deseja que O conheçamos e prossigamos em conhecê-lo  mais.

​Aprendemos que Deus não tem compromisso de responder-nos no "quadrado" do nosso tempo; no compasso de nossa limitada percepção. Sempre foi verdade o que Jesus vai dizer a Pedro: "Agora não compreendes o que eu faço, mas depois entenderás".Jo 13.7

​Aprendemos que a impiedade não ficará impune para sempre, e isso nos adverte a viver uma existência de reconciliação com Deus. Não deveríamos ver o sol se por, cada dia, sem ter restabelecido com Deus a nossa comunhão.

​É extraordinário ter um Deus como o nosso Deus! Sejamos mais fiéis a Ele!  

                     ​​​​

Pr. Elias Werneck


Oração.png