• PIBJPA | Devocionais

Nossa âncora


"Essa esperança é para nós âncora da alma, segura e firme, que entra no lugar interior, além do véu,"    Hb 13.19



​Um pouco antes desse verso, temos a citação da experiência de Abraão  que, sendo velho e sua mulher, Sara, estéril, jamais oscilou em sua esperança e sua confiança na promessa de Deus.

​No mundo antigo a âncora era o símbolo da esperança. Entre os poetas antigos se dizia que a riqueza era uma âncora fraca; a fama era ainda mais fraca. Qual seria a âncora forte? Respondiam: a sabedoria, a magnanimidade e o valor. Não é má a resposta. O problema é que eles não conheceram Cristo.

​O autor aos Hebreus insiste que o cristão possui a maior esperança. Qual? É Cristo, que venceu o último obstáculo, o véu, que separava a criatura do Criador, só ultrapassado por um grande e difícil cerimonial.

​Agora temos a garantia, com juramento, que seus propósitos são imutáveis; que Ele mesmo é nosso refúgio; que a firmeza de sua palavra deve ser nossa consolação.

​Aleluia! Temos esperança! Jesus, nossa âncora! Podemos "navegar" seguros.  

Pr. Elias Werneck


Oração.png

Filiada às convenções

CBBbranco.png
CBCbranco.png

© Primeira Igreja Batista em Jacarepaguá 2020