• PIBJPA | Devocionais

Obediência e benção


O SENHOR te abençoe e te guarde; o SENHOR faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti; o SENHOR levante sobre ti o seu rosto e te dê a paz. Nm 6.24-26



​Fiquei no livro de  Números de ontem para hoje. Na verdade fiquei no capítulo 6. Não dá para passar "batido".

​Esse texto é uma inspiração e um santo desejo de Deus para com os seus filhos de Israel, no passado e do novo Israel, o de hoje.

​Essa bênção era impetrada sobre os servos fiéis de Deus, desde que em conformidade com o que Ele havia estabelecido em Dt 11.27: "A bênção, se obedecerdes aos mandamentos do SENHOR, vosso Deus, que hoje vos ordeno;"

​Não há quem não goste de ouvir essa bênção em seus momentos especiais. Pessoalmente gosto de proferí-la quando os nubentes começam a se afastar do "altar" em direção à sua nova vida. Mas há uma séria advertência: é o cumprir o que Deus quer.

​Essa bênção sobre a vida dos seus filhos não é uma irresponsabilidade de Deus. Precisamos lembrar que no texto citado, Deus disponibiliza a bênção para o estado de obediência e a maldição para o estado da desobediência.​ A bênção araônica não pode ser uma irresponsabilidade de quem a profere. O que a recebe, precisa estar em sintonia com o que Deus quer.


​​​​​​​​​​Pr. Elias Werneck


Oração.png

Filiada às convenções

CBBbranco.png
CBCbranco.png

© Primeira Igreja Batista em Jacarepaguá 2020