• PIBJPA | Devocionais

Altar, tenda e poço


"Então Isaque edificou ali um altar e invocou o nome do SENHOR. Ele armou ali a sua tenda, e seus servos cavaram mais um poço". Gn 26.25


​Isaque havia descido a Gerar em razão da fome em sua terra. Deus aproveitaria essa experiência para burilar, moldar, um pouco mais seu caráter e cultivar a confiança a promessa de ser ele parte da grande nação que Deus estava formando.

​Sua experiência de vida em Gerar foi, humanamente falando, extraordinária. Em um ano, o que ele plantou, rendeu cem vezes mais. Visivelmente havia um poder ao seu lado. Ele parece gostar dessa prosperidade e criar raízes e pode-se entender, certamente, com temor e tremor, que estivesse se afastando do propósito.

​Aparecem algumas turbulências e ele se põe, obedientemente, a caminho para a vida peregrina. E aí vem essa referência que não é coincidência: o altar, a tenda e o poço.

​O altar, isto é, a intimidade com Deus; a tenda,isto é, não se agarrar ao aqui e agora; o poço, isto é, o cuidado de Deus não vai faltar.

​Que difícil: quando a prosperidade ocupa mais espaço do que deve, há grande perigo de nos distanciarmos da missão.  ​​


​​​​​​​​​​Pr. Elias Werneck


Oração.png

Filiada às convenções

CBBbranco.png
CBCbranco.png

© Primeira Igreja Batista em Jacarepaguá 2020