DevocionaisLogo.png
  • PIBJPA | Devocionais

Deus conosco


"No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus,

e o Verbo era Deus". Jo 1.1.  [1]



​João, o Apóstolo, inicia seu evangelho de modo bem peculiar e profundo. Há uma verdade super citada: os quatro evangelhos são intercomplementares. Seus escritores, como de resto todos os escritores bíblicos, não foram autômatos, tiveram liberdade da parte de Deus para relatar o que viram e como entenderam. As pequenas diferenciações de locais, cronologia e conteúdo levantam-nos o interesse do relacionamento entre eles. Nunca é um erro nem um desmentir.

​Foi, possivelmente, o último dos livros inspirados e segue um estilo próprio, por exemplo: enquanto Mateus menciona a palavra judeu uma vez e Lucas duas, João escreve 60 vezes. Escolheu relatar apenas oito milagres de Jesus, apenas na perspectiva de provar a palavra de Cristo.

​A principal palavra do seu relato é crer. Há três distinções nos escritos de João.

a) No evangelho, Jesus é a pessoa em quem devemos crer;

b) Nas cartas, ele é a pessoa que devemos amar e

c) No Apocalípse, Jesus é a pessoa em quem devemos esperar.

​Fechemos hoje assim: Se os evangelhos são o coração da Bíblia, João é o coração dos evangelhos. Vamos conhecer?


Pr. Elias


Oração.png