• PIBJPA | Devocionais

O que deixar (2)


"...mas, agora, livrai-vos de tudo isto: raiva, ódio, maldade, difamação, palavras indecentes do falar."   Cl 3.8 (2)



​Nossos lares mistos, ou não, repudiam essas coisas em tom e conteúdo. Concluo sem receio: todos desejamos vitória sobre o nosso temperamento. Que estragos tem causado, aos lares. o temperamento descontrolado!

​ Juntando o que se fala aqui, com o que o mesmo Paulo fala em Ef 4.26, "...quando sentirdes raiva, não pequeis" e completa: "...e não conserveis a vossa raiva até o por do sol;" só podemos concluir que havendo raiva, ira, ela não pode ultrapassar os parâmetros do suportável. E não pode demorar.

​É impossível não passar por esse sentimento que é, certamente, impossível de evitar. Quando acontece? Quando o que queremos não acontece; quando somos levados a humilhação ou impedidos de realizar o que planejamos.

​O que se faz? O Sl 4.4. manda consultar o coração no travesseiro.

​Aqui Paulo fala para não deixar a noite cair sobre ela. O melhor é abrandá-la, conferir as razões e não violar o respeito ao que diverge de nós. O melhor é não pecar.


Pr. Elias Werneck


Oração.png

Filiada às convenções

CBBbranco.png
CBCbranco.png

© Primeira Igreja Batista em Jacarepaguá 2020