• PIBJPA | Devocionais

Olho nos olhos


"Honra teu pai e tua mãe, para que tenhas vida longa na terra que o SENHOR teu Deus te dá."  Ex 20.12

"... e nunca transgredi um mandamento teu"  Lc 15.29 b​



​Essa declaração do segundo filho da parábola, me fez lembrar o jovem de qualidade que procurou Jesus, interessado em herdar a vida eterna: e, diante da pergunta investigativa de Jesus, responde:  "... tudo isso tenho guardado desde a minha juventude."

​Faltava algo aos dois jovens, careciam de amor. Parece que a vida na casa dos "pródigos", entre os filhos, distoava do que o pais lhes transmitiam: amor que recebeu de braços abertos e amor que garantia, "tudo que é meu, é teu"

​Pais sofrem e se sentem desonrados, quando percebem que a convivência até é harmônica, mas não há genuinidade na vivência e, por conta disso, os filhos não experimentam a cumplicidade que gera:

amizade, proteção, sinceridade, discordância saudável, companhei-rismo, solidariedade, misericórdia.

​A convivência dos irmãos num lar pode honrar e, sua falta, ou sua superficialidade, certamente, desonram. Não transgredir e cumprir todos os protocolos é apreciável, mas é preciso olho nos olhos, isto é, amor verdadeiro.


​​​​​​​​​​Pr. Elias Werneck


Oração.png

Filiada às convenções

CBBbranco.png
CBCbranco.png

© Primeira Igreja Batista em Jacarepaguá 2020