DevocionaisLogo.png
  • PIBJPA | Devocionais

Pai, sendo possível...


"... e disse: Ó SENHOR, Deus de nossos pais, não és tu o Deus que está nos céus? Não és tu que governas sobre todos os reinos das nações? Na tua mão há poder e força, e não há quem te possa resistir".    2Cr 20.6



​Há cinco verdades básicas nessa oração de Josafá, um piedoso rei, ainda que não obediente até o fim. Ele está para enfrentar uma confederação de adversários. Vejamos: a) Deus tem poder sobre  todas as pessoas e situações; b) Deus tem sido fiel  ao seu povo no passado e no presente: c) o povo de Deus está falido sem Ele; d) as promessas de Deus são um fundamento sólido para a  fé; e) a presença ativa de Deus entre o seu povo resulta em livramento e vitória.

​Essas características, ainda que diretamente ligadas ao episódio dessa experiência, representam indicações seguras para o nosso procedimento em oração, quais: a) Só Deus tem o poder; b) A fidelidade de Deus é absoluta, comprovada: promete e cumpre; c) nós nada merecemos e sem ele nada somos; d) Historicamente Deus cumpre; e) Com ele somos mais do que vencedores.

​ Nossas petições precisam chegar ao "trono da graça" nessa dependência. Lembremos que Jesus orou: "Pai, se é possível..."

​Sem determinações. Deus sabe.                             Pr. Elias Werneck


Oração.png