• PIBJPA | Devocionais

Sob o temor de Deus


"Agora pois, ó Senhor, olha para as suas ameaças e concede aos teus servos que falem a tua palavra com toda coragem,"  At 4.29



​Esse capítulo 4 de Atos registra que a perseguição havia começado. Nos versos 24 a 31, temos uma reunião de oração. Vale muito a leitura, mas esse verso 29 mostra oteor corajoso da oração. Entregam nas mãos de Deus a ameaça que estavam sofrendo e pedem duas coisas:

a) que continuassem falando e

que o façam com coragem, ousadia.

​Quatro coisas caracterizaram aquela reunião de oração: a) unânimes em orar não queriam discutir as razões da prisão;

b) glorificaram a Deus;

c) contentaram-se com a Palavra;

d) pediram mais ousadia, não uma caverna para se esconder.

​Há grandes riscos de perdermos o sentido e direção dos nossos encontros de oração. Esse momento da igreja primitiva se constitui em chamada ao padrão. Que bela lição de coragem e ousadia.

​Acho que, nesse momento difícil, como naquela adversidade, podemos tirar lições pessoais e coletivas. Penso que somos aqui advertidos a orientar o nosso clamor.

​Vamos enfrentar o perigo debaixo do temor a Deus.


Pr. Elias werneck


Oração.png

Filiada às convenções

CBBbranco.png
CBCbranco.png

© Primeira Igreja Batista em Jacarepaguá 2020