• PIBJPA | Devocionais

Um “artista”


"Então o faraó mandou chamar Moisés e Arão e disse-lhes: Desta vez, pequei. O SENHOR é justo, mas eu e o meu povo somos ímpios."   Ex 9.27



​Que grande "comediante" é esse Faraó! A conclusão é racionalmente verdadeira, mas está longe de ser sincera no interior dele.

​Por quatro vezes ele autoriza a saída do povo, mas impõe restrições para o sacrifício: deveria ser por ali mesmo; não deveriam ir muito longe; somente os homens, os filhos ficam e podem ir, as ovelhas e as vacas ficam.

​Infelizmente o Faraó não está sozinho na História com esse comportamento  como também, não é único nos dias de hoje. Mas me preocupa a possibilidade de ter entre os alistados da fé, quem esteja fazendo confissões que não descem ao coração, daí que não são aceitas por Deus. Esse é um comportamento de artista, esse que vi-ve os papéis que acompanhamos e, por vezes, são enormemente convincentes. Convencem muita gente por muito tempo. Causam grandes estragos à obra.

​Quando confessarmos a Cristo, precisamos fazê-lo com genui-nidade, se não, vem "praga" por aí. Se não for aqui, será na eternidade.


Pr. Elias Werneck


Oração.png

Filiada às convenções

CBBbranco.png
CBCbranco.png

© Primeira Igreja Batista em Jacarepaguá 2020