• PIBJPA | Devocionais

A arte de ser mediador

12/11/2019


"Eu o envio de volta a ti, como se estivesse enviando o meu próprio coração." Filemon 12


Paulo tinha diante de si um grande problema: Um escravo fugitivo do seu senhor. As leis romanas eram muito duras sobre isso, e, quando foi confrontado pelo Evangelho esse se converte. Desejando continuar ali, ao lado de Paulo, servindo à igreja.

Paulo entende que isso não era direito, mas também não queria humilhá-lo, mandando-o de volta pura e simplesmente. Aproveita a viagem de Tíquico e pede a sua intermediação no reencontro desse escravo segundo a lei e agora irmão em Cristo.

Aprendemos que o evangelho não nos isenta dos nossos compromissos. Entendemos que o evangelho nos dá a missão da conciliação. Fica claro que, no exercício da mediação, precisamos ser prudentes e misericordiosos. Paulo propõe uma conversa que evitava por "mais lenha na fogueira", isto é, não é o "fugitivo" e sim o "separado".

Mediar situações "pontudas" do dia a dia não é tarefa fácil, mas precisamos muito dos "agentes mediadores" e isso não nos isenta do que temos de fazer, não omite a verdade, mas tratar com amor e promover a reconciliação.


Pr. Elias Werneck


#devocionaispibjpa #pibjpa

Oração.png

Filiada às convenções

CBBbranco.png
CBCbranco.png

© Primeira Igreja Batista em Jacarepaguá 2020